Semana do Microempreendedor Individual oferece atendimento e regularização

Secretaria de Desenvolvimento

20 de maio de 2019
Acessibilidade

A Semana Municipal do Microempreendedor Individual regularizou a situação de 149 empreendedores. O evento aconteceu entre os dias 13 e 17 de maio, com diversos serviços oferecidos pela Prefeitura de Mogi das Cruzes, em parceria com o Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae) e do Sindicato das Empresas de Serviços Contábeis (Sescon). As ações aconteceram no prédio sede da administração municipal.

Ao todo, foram realizados 170 serviços para os microempreendedores individuais de Mogi das Cruzes, entre abertura de CNPJ, alteração de dados, cancelamento, Cadastro de Contribuintes Mobiliários (CCM), desenquadramento, informações sobre dívidas, impressão do DAS e declaração anual, entre outros. O atendimento gratuito aos empreendedores foi realizado por contadores, em parceria com o Sescon.

O Sebrae Móvel também participou do evento e atendeu 82 empreendedores, com orientação. Ainda entre serviços do órgão, foram realizadas a Oficina de Formalização Começar Bem, com 19 participantes em um período, e a Oficina do Super MEI, com 11 empreendedores, que ofereceu capacitação nas diversas áreas da gestão empresarial e foi ministrada em cinco dias.

A Vigilância Sanitária atendeu 11 empreendedores, com orientações sobre comércio de alimentos, prestação de serviços em coifas, orientações sobre licenciamento de tabacaria, fabricação de alimentos artesanais, cursos de manipulação de alimentos, bem como fabricação de produtos químicos. Já o Banco do Povo ofereceu atendimento e orientações para 28 interessados.

“O apoio ao empreendedor é uma diretriz de desenvolvimento para a cidade, uma vez que gera empregos, renda e movimenta a economia do município. A Semana do Microempreendedor Individual foi bastante positiva, oferecendo a possibilidade de regularização e capacitação para estes profissionais, que poderão crescer em sua atividade”, destacou o secretário municipal de Desenvolvimento Econômico e Social, Clodoaldo de Moraes.

Se encaixam no perfil de microempreendedor individual aquelas pessoas que trabalham por conta própria ou pretendem abrir um negócio, não ultrapassando o faturamento de R$ 81 mil por ano.

O secretário lembrou ainda que a Prefeitura mantém a Sala do Empreendedor, que oferece atendimento integrado aos profissionais de Mogi das Cruzes. Entre os destaques do serviço está a possibilidade de abertura de empresas de natureza simples em até 24 horas. O serviço reúne, em um único local, todos os órgãos ligados ao processo como JUCESP, Cadastro de Contribuintes Mobiliários (CCM) e consulta de viabilidade técnica do uso e ocupação do terreno.

A Sala do Empreendedor funciona no andar térreo do prédio da Prefeitura, ao lado do auditório e funciona de segunda a sexta-feira, das 8 às 17 horas. O endereço é avenida Vereador Narciso Yague Guimarães, 277 – Centro Cívico. (Luiz Maritan)