Prefeitura realiza audiência pública para chamamento do Hospital Municipal

Secretaria de Saúde

10 de janeiro de 2019
Acessibilidade

A Prefeitura de Mogi das Cruzes promoveu, na tarde de quarta-feira (09/01), uma audiência pública para chamamento do Hospital Municipal Prefeito Waldemar Costa Filho, em Braz Cubas. O atual contrato termina no final de março e a consulta pública é uma etapa do processo de escolha da nova organização social para o gerenciamento da unidade.

A audiência pública foi conduzida pelo secretário municipal de Gestão, Marcos Regueiro, e pela secretária interina de Saúde, Rosângela Cunha, no auditório do prédio sede da Administração Municipal. Reuniu servidores, representantes de organizações sociais, equipamentos de saúde, hospitais, Câmara Municipal e conselheiros da Saúde.

O Hospital Municipal de Mogi das Cruzes foi inaugurado no dia 14 de junho de 2014 e presta atendimento exclusivo para pacientes do Sistema Único de Saúde (SUS). Entre os serviços realizados estão internações adulto e infantil, Pronto Atendimento Infantil 24 horas, consultas ambulatoriais em diversas especialidades e exames diagnósticos.

“A principal novidade prevista para o novo contrato será a implantação da Oftalmologia, com foco nas cirurgias de catarata, e da Cirurgia Pediátrica. Na área ambulatorial, a principal mudança será na Cardiologia, que passará a atender exclusivamente aos pacientes do Hospital Municipal”, informou a coordenadora de Gerência Hospitalar de Mogi das Cruzes, Lury Tanabe, que fez uma apresentação detalhada sobre a unidade.

Desde que foi implantado, o Hospital Municipal já realizou 1.427.600 procedimentos entre Pronto-Atendimento Infantil 24 horas, Ambulatório de Especialidades, Serviço de Apoio Diagnóstico Terapêutico (SADT), internações, cirurgias de baixa e médica complexidade e atendimentos multidisciplinares, como Psicologia, Serviço Social e Enfermagem. O ponto alto da produção, conforme apresentação, foi o ano de 2015, quando a unidade realizou 339.280 procedimentos. "Mas neste ano ocorreu uma mudança no atendimento pediátrico do Hospital Luzia de Pinho Melo e o Hospital Municipal tornou-se referência para internações de baixa e média complexidade em pediatria", explicou Lury.

Serviço

O Pronto-Atendimento do HMMC atende crianças de 0 a 12 anos em situação de urgência e emergência, 24 horas por dia, sete dias na semana. No Ambulatório de Especialidades é colocado à disposição oito especialidades, agendadas por meio do SIS-160. As consultas oferecidas são: ginecologia, cirurgia geral, otorrinolaringologia, vascular, urologia, clínico-geral, cardiologia e anestesista.

No SADT são nove modalidades de exames: laboratoriais, anatomia patológica + citologia, radiologia, ultrassonografia c/ doppler, endoscopia, colonoscopia, tomografia, ecocardiograma e eletrocardiograma.

O Hospital Municipal conta com 69 leitos de internação para homens, mulheres e crianças, e dez leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) adulta. No Centro Cirúrgico, atualmente são realizadas cirurgias nas especialidades vascular, ginecologia, urologia, otorrino, pediátrica, cirurgia-geral, pneumologia, anestesia, torácica e de cistoscopia.