Botujuru receberá megamutirão de manutenção a partir de segunda-feira

Secretaria de Serviços Urbanos

18 de janeiro de 2019
Acessibilidade

O Botujuru será alvo, a partir da próxima segunda-feira (21/01), de mais uma frente extra de manutenção, comandada pela Secretaria Municipal de Serviços Urbanos. O objetivo é fazer um trabalho completo no bairro, deixando-o nas melhores condições possíveis dentro desse período de chuvas, em que as demandas naturalmente aumentam.

A frente vai contar com a atuação de diversos setores da SMSU, compreendendo serviços como limpeza pública, Operação Tapa-Buraco, drenagem e roçada de córregos e também cascalhamento e nivelamento em vias e trechos não pavimentados. 

No quesito de reparos asfálticos, a Secretaria mandará empenho total de asfalto para o bairro, totalizando 280 toneladas de material para reparos nas vias públicas da região.

Neste sábado (19/01), as equipes já iniciarão serviços de drenagem no cruzamento da avenida Felipe Sawaya com a rua Santa Cruz do André, como parte da força-tarefa.

Ao todo, serão beneficiadas 14 ruas da cidade, com diferentes serviços, de acordo com a demanda pontual de cada. Nos serviços de tapa-buraco e recuperação de vias, por exemplo, serão beneficiadas as ruas Rio de Janeiro, Da Glória, Bonita, Santa Cruz do André, Dina Bardazzi, Bom Jesus, Coronel Damásio, Maria Aparecida Lopes Faury, Professor Ary Silva, Santos, Waldir Paiva de Oliveira Freitas, Soberana e Delta.

Nos serviços de limpeza, que incluem roçada de guias e sarjetas, serão beneficiadas a avenida Felipe Sawaya e as ruas Dina Bardazzi, Professor Ary Silva, Santos, Luzia dos Santos Cardoso, rua da Páscoa e rua Bonita. Já no quesito drenagem e limpeza de córregos, serão feitas verificações gerais e limpeza de bocas de lobo no bairro como um todo.

A Secretaria também vai averiguar locais que estão em estudo para a construção de muros de arrimo. São eles: rua Aleluia (entre a Felipe Sawaya e a Cristóvão Colombo/ próximo à rua Palestina) rua Palestina (próximo à rua Sete Quedas) e rua Maria Aparecida Lopes Faury, próximo à rua Waldir Paiva.    

“O Botujuru vem passando por obras de esgotamento, que é um serviço necessário para o bairro, mas que traz consequências ao asfalto. Além disso, o local tem a topografia bem acidentada e, como todo o resto da cidade, registra mais problemas nessa época. Nossa intenção é minimizar todos esses problemas, dando mais tranquilidade e conforto à população”, destaca o secretário municipal de Serviços Urbanos, Dirceu Meira. (Lívia de Sá)