Semae conclui plantio de 3,9 mil mudas de árvores em parques e na ETE Cezar de Souza

Serviço Municipal de Águas e Esgotos

13 de junho de 2018
Acessibilidade

O Serviço Municipal de Águas e Esgotos (Semae) concluiu o plantio 3,9 mil mudas de árvores em Mogi das Cruzes. A ação atende a compromissos firmados com a Companhia Ambiental do Estado de São Paulo (Cetesb) devido a obras da autarquia em áreas de preservação, como forma de compensação ambiental.

De acordo com a Divisão de Meio Ambiente do Semae, foram plantadas 2,7 mil mudas no Parque Leon Feffer, 390 no Parque Centenário e 815 no entorno da Estação de Tratamento de Esgoto (ETE) de Cezar de Souza, com o objetivo de criar uma cortina vegetal entre a ETE e o parque.

Todas as árvores são nativas da região. Dentre as espécies frutíferas há a Jaboticabeira, a Laranjeira-do-Mato, a Goiaba-branca, o Pequi e a Pitangueira.

Das mais de 2,7 mil mudas plantadas no Parque Leon Feffer, 1,1 mil são pela construção, em andamento, do sistema de esgotamento sanitário em Sabaúna – um importante investimento de R$ 2,6 milhões na instalação de uma Estação de Tratamento de Esgoto, rede coletora e três estações de bombeamento que atenderão uma população de 4,8 mil pessoas, na Vila Andrade.

Para essa obra, o Semae obteve tem autorização da Cetesb para intervenção em Área de Proteção Permanente (APP).

 

Mogi+Verde

O plantio de 3,9 mil mudas também integra o Programa Mogi+Verde, da Prefeitura de Mogi das Cruzes, que aumentará a cobertura verde da cidade com 50 mil novas árvores até 2020. Segundo a Secretaria Municipal do Verde e Meio Ambiente, que coordena a ação, desde o início de 2017, já forma plantadas mais de 18 mil mudas na cidade.

Além disso, o viveiro de mudas do Parque Leon Feffer será reinaugurado e a secretaria iniciou ações como o plantio de mudas de cambuci na cidade – uma espécie nativa de Mogi das Cruzes. A programação do Junho Verde, que está em andamento, também inclui o plantio de mudas.

Dentro desse programa, há ainda a Cartilha de Arborização Urbana, que mostra as espécies próprias para o plantio na cidade e também aquelas que não devem ser utilizadas, por possuírem raízes agressivas ou serem de grande porte.

A cartilha traz dicas de plantio e de manutenção, além de procedimentos necessários para a poda e o corte de árvores. Acesse em:

http://www.mogidascruzes.sp.gov.br/public/site/doc/2017091117003759b6c13538ce7.pdf