Secretaria do Verde promove visita de idosos ao Parque Municipal no Dia Mundial da Água

Secretaria do Verde e Meio Ambiente

20 de março de 2017
Parque Municipal possui trilhas que serão percorridas pelos idosos nesta quarta-feira, dia 22, como parte da programação do Dia Mundial da Água (Ney Sarmento/PMMC)

A Secretaria Municipal do Verde e Meio Ambiente promoverá neste quarta-feira, dia 22, em comemoração ao Dia Mundial da Água, uma visita de idosos da cidade ao Parque Natural Municipal Francisco Affonso de Mello – Chiquinho Veríssimo. O objetivo é mostrar aos mogianos da terceira idade a riqueza da Serra do Itapeti, que tem um papel fundamental no processo de produção da água.

O secretário Daniel Lima explica que o parque receberá 40 idosos do Centro Dia do Idoso e 16 da Vila Dignidade: “As crianças sempre são contempladas como ações desse tipo na área de educação ambiental e, desta vez, vamos mostrar também aos idosos a importância da natureza no sistema de abastecimento da cidade”, comenta.

Na visita desta quarta-feira, os idosos assistirão a uma palestra dada por técnicos da Secretaria do Verde sobre o Parque Natural Municipal. Eles demonstrarão a importância da Mata Atlântica e das florestas para o abastecimento de água no município. Depois da palestra, os idosos sairão em caminhada por uma trilha no interior do Parque, onde conhecerão espécies nativas e áreas onde nascem córregos de Mogi.

O diretor da Universidade Livre do Meio Ambiente (Unilivre), André Miragaia, lembra que, considerando a grave crise hídrica que o Brasil atravessou há dois anos, em especial no estado de São Paulo, é fundamental mobilizar a sociedade e fazer com que mais pessoas vejam que é necessário "conhecer para preservar".

“Neste sentido, a Secretaria do Verde pretende comemorar a data com uma proposta inovadora. Vamos promover a inclusão dos idosos nessa luta pela preservação das nossas 'fábricas de água', que são as florestas, em especial a nossa exuberante floresta da Serra do Itapeti, rica de Mata Atlântica e onde se localiza o nosso Parque Natural Municipal”, observa.

Historicamente, o parque também abrigou a primeira área onde era captada água para o abastecimento da cidade. As terras que deram origem ao parque, na década de 70, foram adquiridas pela Prefeitura de Mogi das Cruzes em meados de 1910 para captação de água. Os mananciais do parque abasteceram o município por cerca de 40 anos, mas, com o crescimento da cidade, o sistema tornou-se insuficiente e no início da década de 50 foi substituído por reservatórios construídos na região central. (Marco Aurélio Sobreiro)