Renda de ingressos do show de Padre Alessandro será revertida para compra de cobertores

Fundo Social de Solidariedade

20 de março de 2017
Acessibilidade

O Fundo Social de Solidariedade arrecadou um total de R$ 9.090,00 com a venda de ingressos para o show do padre Alessandro Campos, no Theatro Vasques, neste domingo (19/03). O dinheiro será revertido para a compra de cobertores para a Campanha do Agasalho. Foram exatamente duas horas de apresentação para uma plateia animada e variada, com gente de todas as idades e de vários lugares do Brasil.

“Foi uma noite de muito amor e fé”, destacou a presidente do Fundo Social, Karin Melo, que acompanhou o show do padre sertanejo ao lado do prefeito Marcus Melo, do secretário de Saúde, Marcello Cusatis, e da diretora do órgão, Simone Garcia. Ao final da apresentação, transmitida ao vivo pela Rede Viva de TV, o prefeito entregou ao padre dois exemplares do livro que retrata a festa do Divino Espírito Santo em Mogi das Cruzes, considerada a mais antiga e uma das mais tradicionais do Brasil.

“Este é um momento muito especial para a nossa cidade. Recebemos a todos de forma bastante carinhosa, porque este é um encontro com Deus”, destacou o prefeito, salientando que o show ainda arrecadou recursos para o trabalho desenvolvido pelo Fundo Social de Solidariedade. “É esta união que buscamos e que queremos fortalecer para melhorar cada vez mais a nossa cidade”.

Quem veio de fora, aliás, se impressionou com o tamanho e a infraestrutura de Mogi das Cruzes. “Eu não esperava uma cidade assim tão grande. É muito bonita e organizada”, disse Célia Marcondes, que veio de São Bernardo do Campo e estava acompanhada da tia, Maria Josefina Brito. “Nós seguimos o padre para onde ele vai”.

Mogiano de nascimento, o padre Alessandro Campos destacou a relação que possui com a cidade e o carinho com que é recebido pelos mogianos. “Fazer esta apresentação aqui de Mogi das Cruzes é uma emoção muito grande. Quero agradecer muito a Prefeitura por nos permitir este show e a todos que me acompanham, muito especialmente à minha família e amigos que nem sempre conseguem ir nos shows por causa da distância”.

O padre sertanejo ao longo das duas horas de show mesclou músicas de raiz com canções religiosas, como Noites Traiçoeiras, por exemplo. Emocionou a plateia com bênçãos e orações ao pedir a proteção e interseção de São José, considerado o patrono da Igreja e o Santo de proteção da família. “Que tenhamos as bênçãos, o amor e a proteção em nossos lares”, finalizou o padre, que para o encerramento no Theatro Vasques contou a benção do bispo Diocesano de Mogi das Cruzes, Dom Pedro Luiz Stringhini. (Ana Figueiredo)