Instalação de um Sesc em Mogi segue sendo aprovada por unanimidade

Secretaria de Gabinete

25 de setembro de 2017
Acessibilidade

O projeto para a instalação de um Sesc em Mogi das Cruzes, na área onde hoje funciona o Centro Esportivo do Socorro, continua sendo aprovado por unanimidade dentro da agenda de audiências públicas, que estão sendo realizadas no âmbito do programa Diálogo Aberto, previsto na Lei nº 7.2016/2016, do Sistema Municipal de Cultura. O último grupo envolvido no debate foi a Associação Mogicruzense de História, Artes e Letras (Amhal).

A reunião com os membros da Amhal aconteceu no último sábado (23/09), na sede da Banda Santa Cecília. O secretário municipal de Cultura e Coordenador Municipal de Turismo, Mateus Sartori, responsabilizou-se pela explanação do que é um Sesc e de todas as contrapartidas que um equipamento nesses moldes traria à cidade.

Após a apresentação inicial, os membros tiveram a oportunidade de expor suas dúvidas e considerações a respeito do tema, que foram devidamente respondidas. Na sequencia abriram a pauta para votação e mantiveram o posicionamento favorável de forma unânime, que vem acontecendo em todas as audiências até o momento realizadas. 

A agenda, que passa por constante atualização, compreende agora mais oito encontros, que serão realizados com o Conselho Municipal de Assistência Social, Conselho para Assuntos da Pessoa com Deficiência, Conselho de Cultura, Conselho da Criança e do Adolescentes, Conselho da Igualdade Racial, Movimento Sesc Mogi, Conselho da Juventude e Conselho da Educação.

O Movimento Sesc Mogi compreende grupos em redes sociais, criados para debater a vinda de um Sesc para Mogi das Cruzes. São movimentos da sociedade civil, que há tempos discutem e defendem um Sesc em Mogi das Cruzes, contribuindo para manter vivos o projeto e a batalha por sua concretização. Todos eles estão convidados a participar da audiência, que será realizada na próxima segunda-feira (02/10), às 19 horas, no Theatro Vasques. Um evento no Facebook foi criado, inclusive, para organizar o encontro.

A Internet também está sendo utilizada como ferramenta para o debate acerca deste projeto por meio de um formulário, intitulado “Quero um Sesc em Mogi?”, que está disponível na rede. Nele, todo e qualquer cidadão pode expressar se é ou não a favor de um Sesc na cidade, além de tirar dúvidas com relação ao equipamento.

Participe da pesquisa

Esta pesquisa servirá como um importante termômetro do que a população quer efetivamente, auxiliando também nas tratativas para a vinda da unidade, processo este que está sendo conduzido pela Prefeitura de Mogi das Cruzes, pela Câmara Municipal e também pelas equipes técnicas do Sesc. (Lívia de Sá)