Dia Mundial da Água: Mogi das Cruzes é uma das melhores cidades do País em saneamento

Serviço Municipal de Águas e Esgotos

21 de março de 2019
Acessibilidade

Mogi das Cruzes investe de forma constante na melhoria dos serviços de abastecimento de água e de coleta e tratamento de esgoto. Entre as 100 maiores cidades brasileiras, o município está em 32º lugar no Ranking de Saneamento elaborado pelo Instituto Trata Brasil. Das 31 cidades que ficaram à frente de Mogi, somente nove contam com sistema próprio de saneamento. Entre as autarquias municipais, portanto, o Semae de Mogi das Cruzes está em 10º lugar no País. No Dia Mundial da Água, comemorado nesta sexta-feira, 22 de março, a cidade apresenta resultados positivos.

Entre as obras de destaque está a instalação do Centro de Reservação Vila Moraes. As etapas em andamento são a construção de Estação Elevatória junto ao reservatório RB-1, na Vila Natal, e implantação de adutora de 5 quilômetros entre o reservatório da Vila Natal e o novo reservatório da Vila Pomar, de 8 milhões de litros.

O centro de reservação será um sistema de água tratada para abastecimento de uma região onde vivem 68 mil pessoas. O investimento total será de R$ 14,3 milhões (divididos entre Semae e Governo Federal).

A autarquia está construindo um sistema de abastecimento na Chácara Guanabara com a instalação de um reservatório de 400 mil litros, Casa de Química para tratamento da água e tubulações para as redes de distribuição e bombeamento. O investimento nessa fase da obra é de R$ 2.283.110,63. O Semae já havia investido cerca de R$ 200 mil na perfuração de um poço, instalação de um conjunto de bombeamento e painel elétrico.

O Semae também iniciou a implantação dos Sistemas de Abastecimento Jundiapeba e Oroxó, que atenderão 61 mil pessoas (45 mil em Jundiapeba e Nova Jundiapeba e 16 mil na área de abrangência do Oroxó, que inclui Jardim Maricá, Rodeio, Bella Cittá, Residencial Itapeti, Jardim Aracy, Ponte Grande e Jardim Náutico), considerando a população atual.

A estrutura estará pronta para atender até 145 mil pessoas, sendo 52 mil pelo Sistema Jundiapeba e 93 mil pelo Sistema Oroxó, que é a estimativa populacional dessas regiões para 2046.

Recentemente, a autarquia concluiu as obras para ampliação do abastecimento de água para os núcleos isolados do distrito de Jundiapeba: Jardim Nove de Julho, Parque São Martinho e Parque Varinhas. Investimos cerca de R$ 500 mil na perfuração de dois poços (no Nove de Julho e no São Martinho), rede, linha de recalque (bombeamento) e sistema de tratamento. As medidas eliminaram os problemas de falta d’água em dias e horários de maior consumo.

A reforma e modernização da Estação de Captação e Recalque de Água Bruta 2 (ECR-2), no Rio Tietê, vai ampliar a segurança operacional do principal sistema de fornecimento de água da autarquia, melhorando a infraestrutura para manutenções, ações de combate às algas que se formam no rio e o controle do nível da água em tempos de estiagem, além de facilitar e agilizar os serviços de manutenção, quando necessários. O investimento é de R$ 3.090.638,28.

O Semae também modernizou o abastecimento do Jardim Bela Vista, em Cezar de Souza, com a instalação de um reservatório de 50 mil litros (2,5 vezes maior que o anterior, que tinha 20 mil litros e havia sido instalado na década de 80) e uma estação de bombeamento automatizada, o que amplia a reserva de água e torna mais eficiente a operação. O investimento foi de R$ 466 mil.

 

Esgoto

A autarquia também está empenhada em ampliar a coleta e tratamento de esgotos, que resultam em melhorias para as condições de rios e córregos. Os destaques são as obras de Esgotamento Sanitário do Botujuru e Cezar de Souza (investimento de R$ 26 milhões, com recursos do Governo Federal), e de esgotamento sanitário em Sabaúna, que está em fase final.

O investimento de R$ 3,2 milhões na construção de uma Estação de Tratamento de Esgoto, rede e três estações de bombeamento, todas na Vila Andrade, área central do Distrito.

Estão em andamento a reforma e modernização da Estação Elevatória de Esgoto Indonésia, que é a principal estação de bombeamento de esgotos de Jundiapeba. O Semae também elabora projetos para esgotamento sanitário em núcleos isolados e para ampliação da Estação de Tratamento de Esgotos, em Cezar de Souza. (Julio Nogueira)